sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Este é meu pai!!!

Meu pai, quando chegou do trabalho, ficou comigo nos braços, passeou pela casa, até que adormeci. Ele me falou que se eu mamar com minha boca toda na auréola do peito de minha mãe não engolirei ar e assim não terei que necessariamente arrotar, para não fazer com que minha mãe sinta-se desesperada quando eu golfar. Eu falei com ele que estava sentindo cólicas; mais uma vez ele me tranqüilizou, dizendo que é porque o meu sistema digestivo está em fase de amadurecimento e que em seis meses isso de golfar já vai deixar de ser uma rotina. Disse também que sabe fazer massagem como meu vô Chico faz e finalizou falando: "Vamos, Pedrinho, vamos chutar as pedras do nosso caminho."

2 comentários:

vô Chico disse...

Pai coruja é o pai que se interessa e aprende. Avô é o que se estimula exemplificando. Viva nós!

ana angelia de freitas disse...

Achei Pedrinho lindo demais.
Sorrindo então, ele ilumina tudo em sua volta, e todos que estão ao seu lado.
Essa tia continua um pouco de longe, mais sempre acompanhando tudo que diz respeito a esse sobrinho do meu coração. A esse pequenino que veio para continuar a alegria da família.
Um grande abraço dessa tia que te ama.