sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Homenagem do Titio Caio!!


O meu (nosso) Titio Caio também tem um blog. O nome é Albergue Mental - Minha Dinda disse que vocês vão gostar muito de ler os textos dele... disse que ele escreve tão bem quanto faz aqueles bonequinhos de gente!
Foi nesse blog dele que ele escreveu uma mensagem muito bonita para mim e para Mimã Lola...
Minha Dinda copiou o texto de lá e colocou aqui a pedido da Vovó Bia (ela disse que era bonito demais pra ficar em um lugar só).


"Como pode em tão pouco tempo, nascer em mim tanto amor? Duas coisas tão pequenas que mal falam mas que tanto me dizem com olhares e sorrisos. Com apertos e grunhidos. Como posso não pensar nos dois todos os dias, se metade das minhas alegrias é deles que hoje vem? Como posso definir a emoção que é sentir-me esperado e querido por eles, quando chego em sua casa? Cada abraço, cada laço diário construído pelo carinho, pelo caminho da vida. Cada saudade apertada e o zelo-quase-medo pelo futuro de ambos. O desejo de querer transferir pra mim cada futura dor ou problema que eles venham a ter. Como posso não ter asas e voar, não ter posses mas tão rico me sentir, não ser pai e ainda assim ter essa vasta sensação? Sou tio, isso me basta. E muito os amo, então."


Tá lindo, num é? (Dinda disse que é assim que eu falo!)
Obrigado, viu, Tio Caio?
Nós também te amamos muito!

Se quiser ler no original, passa aqui!

*
A foto é de um álbum lindão que eu e Mimã fizemos no shopping.

2 comentários:

Chorik disse...

Que delícia é ser avô.

Vô Chico disse...

Delícia é a palavra certa, Chorik.