terça-feira, 11 de novembro de 2008

Festa do segundo mês





Não disse que ia ter festa? Aí está a prova! Minha mãe e minha Vó Bia prepararam a mesa com o bolo, chamaram tio Caio e tio Gabriel, e, quando meu Vô Chico chegou, fui acordado intempestivamente e então começaram a cantar, outra vez, aquela musiquinha de parabéns para mim! E eu cortei o bolo, gente!

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi PEDRINHO!, antes de tudo cabe uma apresentação. Sou mais uma entre suas várias tietes, moro atualmente em Vitória da Conquista e ainda não tive o enorme prazer de carregar vc no colo. É impossível ficar imune a seu retorno entre nós com todo amor que circula entre seus amados. Deixo um beijão meu pequeno!, pedindo ao Pai contínua proteção e amparo e muitos "soninhos" energéticos, risos!.
Ivana Pauferro

Vô Chico disse...

Oláááááá´, tia Ivana!! Finalmente podemos nos falar, hem? Meu Vô já me falou de vc e eu estava curioso. Que bom que já estou aqui, não é mesmo? Tomara que não demore muito para cairmos um nos braços do outro, viu?
Beijão.