sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Tchau, outubro. Oi, novembro!


Lá se vai meu segundo mês na Terra... e lá vem o terceiro! Na verdade, pela contagem que vale para minha idade, ainda vou completar dois meses, mas falo da sucessão dos dias tal como se observa e registra por aqui. Meu avô diz que isso se chama calendário, que é diferente de aniversário. Um dia vou saber disso com mais proficiência. Ou melhor, vou recordar dessas coisas, pois não é a primeira vez que venho aqui. Segundo meu avô, eu estou reencarnado. Outro dia ele estava todo bobo ao me ver mais coradinho, vermelho mesmo, enfim livre das marcas amareladas da icterícia, que me faziam parecer uma folha de papel manchada pelo tempo, como se fose um livro antigo. E na verdade é assim mesmo, diz meu Vô Chico, falando que só a capa desse livro é outra. O que sei é que eu vim pra cá preencher as páginas ainda em branco desse livro, agora de uma forma mais apurada, tarefa que não é lá muito fácil, mas sei que receberei toda ajuda necessária. Meu avô garantiu que será assim. Vamos ver!

Um comentário:

caicko disse...

Quando é que você vai balbuciar "Tio Caio", hein?? Essa ansiedade me mata!! Te amo, meu principezinho.